Autor

Me chamo Rafael Giuliano. Sou terapeuta, filósofo e minimalista; curioso por natureza e pela natureza humana nas suas relações de afeto.

Há alguns anos iniciei um trabalho com foco na mediação para resolução de conflitos com casais. Expandi a abordagem a fim de oferecer novas perspectivas sobre nossas relações de afeto; e atualmente, além de meu trabalho com grupos em organizações, mantenho o atendimento terapêutico no consultório com a Terapia Afetiva para diferentes conflitos de relacionamentos afetivos

Contribuo especialmente com casais e pessoas em busca de sua identidade afetiva, conflitos familiares ou pessoais.

A base essencial de meu trabalho está na Filosofia Conscienciológica Humanista e nos seus Princípios Fundamentais: o Apreço pelo Humano, a Intencionalidade nas Ações e a Transcendência das relações como estão para aquilo que têm potencial de ser.

É um prazer e uma honra compartilhar um pouco do que aprendo todos os dias.

 

“Algumas histórias de amor são boas de ser contadas, outras devem mesmo ser clandestinas… Mas todas merecem ser sempre bem vividas!”